jan 052012
 

A ViaZap® – Redes e Conectividade tem como objetivo principal divulgar assuntos relacionados ao sistema Gnu/Linux e administração de redes, e outros sistemas operacionais.
No site teremos assuntos, scritps e facilidades para erros comuns e incomuns ocorridos no dia dia de um administrador de redes.
Caso queira participar seja bem-vindo, faça seu cadastro e comece agora a interagir com a nossa equipe.
Convidamos todos a fazer parte da nossa comunidade.

Tráfego do Servidor WebTráfego da Rede Local

viazap-Logo01  logolinuxrs-2013
Seja bem-vindo a ViaZap® – Redes e Conectividade.

jul 122014
 

HeartBeat – Web server com Alta Disponibilidade (HA) 

Configuração de um servidor web utilizando H.A. com HeartBeat. O cenário utilizado foi entre dois servidores de hardware e software idênticos.

S.O – CentOS 5.2.

O objetivo deste documento é explicar como é feita a estrutura Alta Disponibilidade entre dois servidores Web.

O software responsável por este cluster é o HeartBeat (Batimento Cardíaco) - http://linux-ha.org

Estrutura básica do cenário:

Cada servidor tem duas placas de rede, onde uma placa trabalha na rede interna e a outra é utilizada pelo HeartBeat através de um cabo crossover.

  • Eth0 – Lan
  • Eth1 – Rede HeartBeat (Cabo Cross)

O funcionamento básico do H.A. é fazer com que o servidor “Slave” assuma o lugar do servidor “Master” quando houver algum problema, esse procedimento ocorre através de uma monitoramento entre os serviços no dois servidores.

Instalando o HeartBeat:

# yum install heartbeat

Configuração de rede: Continue Lendo »

jul 122014
 

O que você chama de “Alta Disponibilidade”?

Esses dias estive envolvido nessa discussão e surgiram algumas dúvidas no time. Vou aproveitar esse post para compartilhar alguns tópicos do assunto.

Podemos começar a discussão fazendo uma definição sobre o termo “Disponibilidade”. Em TI, um sistema ou solução pode ser chamado de disponível quando está:

  • Presente e pronto para uso; acessível para usuários;
  • Qualificado e pronto para ser servido;
  • Disponíveis para consumo com garantias prévias de níveis de serviços oferecidos;

Continue Lendo »

jul 112014
 

Bom pra você que quer um servidor de Counter-Strike 1.6 em seu servidor dedicado ou servidor VPS, aprenda agora a montar seu próprio servidor.

 - Você deve se logar no SSH, após, digite:

Código:
mkdir /usr/games/cs
cd /usr/games/cs

 

 - Baixe os pacotes do HLDS (Half Life Dedicated Server):
wget Download

 - Aplique as permissões de execução no arquivos:

Código:
chmod +x hldsupdatetool.bin

 

 - Execute o programa:

Código:
./hldsupdatetool.bin


OBS: Se apresentar o erro “sh: line 1: uncompress: command not found“, digite o seguinte:
Continue Lendo »

jul 112014
 
Introdução

Bom, vou mostrar a importância do logs para um sistema.

Logs, nada mais são do que arquivos gerados pelo programa para que haja uma comunicação entre o sistema para o usuário. Logs são relatórios de diversos tipos, informando o que está acontecendo no sistema.

Mas, o que irei abordar aqui, são logs de erros. Os logs gerados pelo sistema são de estrema importância, pois são eles que nos ajudam a fazer a manutenção de sistema, o que ajuda a vida de um programador.

Afinal, qual conteúdo deve-se ter um log de erro?

Dentro do log de erro, deve ter três coisas fundamentais, em minha opinião, mas óbvio que dentro do log, você pode colocar as informações que você quiser, quanto mais você detalhar o log com informações do erro que ocorreu melhor fica para sua manutenção. Continue Lendo »

jul 112014
 
Introdução e providências iniciais

Estou fazendo este artigo porque, embora seja algo conhecido, clássico, tenho visto aqui e em vários outros sites, postagens de iniciantes, reformatando tudo só porque tiveram tela preta, perderam acesso ao sistema gráfico ou à tela de login.

Geralmente é o driver de vídeo, ou mais raramente os módulos de kernel. Não precisa reformatar tudo, não se desespere!

Pré-requisito: Você precisa saber qual é a sua placa de vídeo. Um jeito simples, é com o comando:

$ lspci | grep -i vga

Antes de reformatar, tente estas coisas: Continue Lendo »

jul 092014
 

O Zimbra, é uma suite colaborativa de e-mail muito poderosa, cujo foco é ser uma alternativa livre ao Microsoft Exchange. Com suas duas versões disponíveis, a versão Network Edition (NE) e a Open Source, ele consegue, no mínimo equiparar-se a solução oferecida pela Microsoft, tendo a sua versão NE voltada a empresas que precisam de suporte e ferramentas de backup mais avançadas.

Neste artigo, iremos abordar a versão Open Source, a qual não possui o suporte da equipe de desenvolvimento, bem como algumas outras limitações. Limitações estas que não devem impedir o seu funcionamento e aplicação em pequenas e médias empresas.

Caso você prefira, pode efetuar o download da versão Trial do Zimbra Network Edition, para efetuar testes.

Um pouco mais sobre o Zimbra

O Zimbra nasceu para ser uma alternativa ao Exchange, como já mencionado anteriormente, no mundo Linux. Em meio a tantos webmails e e-mail’s servers, faltava ainda uma solução mais integrada, ao estilo Exchange, e que fosse simples de ser mantida e atualizada.

Atualmente, o Zimbra conta com muitas funções, dentre elas, podemos citar a integração com LDAP, clustering, entre outras, tudo isso disponível através de uma interface Web para administração, completa e funcional, onde você consegue efetuar todos os serviços do dia-a-dia, desde o cadastro de um novo e-mail, a aplicação de quotas e criação de aliases.

Também, não podemos esquecer-nos dos webmails. O Zimbra possui um webmail em Ajax, extremamente completo, que não deixa nada a dever frente ao Microsoft Outlook, tendo desde um calendário a catálogo de e-mail (dentre muitas outras opções), até um sistema de Instant Messenger (isso me lembra Google). Um detalhe acerca do Calendário e do Catalogo de endereços, é a sua integração com o Zimbra Desktop (cliente de e-mail do Zimbra), ele é para o Zimbra o mesmo que o Microsoft Outlook é para o Exchange. Ainda contamos, na versão NE, com a integração com o próprio Microsoft Outlook, onde este atua como se fosse um Exchange.

Ainda, com relação aos webmails, o Zimbra disponibiliza um em html, mais simples, voltado a conexões lentas, com praticamente todas as funcionalidades da versão full (em Ajax), particularmente, eu me dei por falta apenas do Instant Messenger nesta versão. E como se não bastasse, para quem deseja acessar seus e-mail a partir de um celular, existe um webmail para este fim disponível. :) Continue Lendo »

jul 042014
 
Introdução / O Shell Script

Introdução

O estudo de algoritmos, é de fundamental importância para o desenvolvimento da lógica de programação e, consequentemente, o aprendizado e domínio de uma linguagem de programação.

Um algoritmo é uma sequência finita de instruções bem definidas e não ambíguas, ou seja, um conjunto de instruções executadas passo a passo, necessários para executar uma tarefa.

Outra definição muito interessante de algoritmo:

“Um algoritmo tem por objetivo, representar mais fielmente o raciocínio envolvido na lógica de programação e, desta forma, permitir-nos abstrair de uma série de detalhes computacionais, que podem ser acrescentados mais tarde.” [1]

Utiliza-se algoritmos para resolver problemas reais de forma abstrata com o auxílio de uma linguagem de programação ou até mesmo por fluxogramas, que são gráficos que demonstram a sequência operacional do desenvolvimento de um processo.

Este processo pode ser a troca de uma lâmpada, calcular a média aritmética de alunos, o espaço percorrido por um carro, entre outros.

A figura 1, mostra um exemplo de um algoritmo representado por um fluxograma: Continue Lendo »

jul 022014
 
Talvez poucas pessoas sabem, mais podemos desligar ou reiniciar o computador simplesmente pela linha de comando, através do Prompt do Windows. Além disso, você pode agendar o windows para fazer o desligamento na hora programada. Isto tudo devido a um utilitário nativo do windows chamado Shutdown.exe. Vamos entender isso.
Primeiro conheceremos as opções do shutdown:

Continue Lendo »

jul 022014
 

Olá a todos!

Neste tutorial ensinarei como vincular o seu site em WordPress a um perfil ou uma página do Facebook, de forma que qualquer conteúdo postado no site seja automaticamente publicado no Facebook.

Antes de começar, vejamos algumas vantagens da utilização desse mecanismo:

  1. Eliminação da necessidade de copiar e colar o que foi feito no site para divulgar no Facebook. Este processo é feito automaticamente pelo plugin;
  2. Seu site estará sempre sendo divulgado no Facebook, desde que você poste conteúdos regularmente.

Vamos ao que interessa, sem mais delongas! O primeiro passo é acessar o painel de administração do WordPress e instalar o plugin Facebook Page Publish. Veja a imagem a seguir: Continue Lendo »

jul 022014
 
Depois que um computador baseado no Windows 8 ou o Windows Server 2012 não consegue se conectar a um servidor de arquivos de terceiros que suporta o protocolo SMBv2, você recebe uma das seguintes mensagens de erro ou uma mensagem de erro semelhante, dependendo de como você acessa o servidor de arquivos de terceiros:

  • Quando você usa um comando DIR com um caminho UNC:
    Assinatura inválida
  • Quando você executa um comando NET USE:
    Erro do sistema 2148073478
  • Quando você tenta navegar até o caminho UNC:
    Ocorreu um erro estendido

Você pode encontrar esses erros nos seguintes cenários comuns:

  • Uma migração em tempo real de servidores Hyper-V (executando o Hyper-V Server 2012 ou o Windows Server 2012 e janela 8) falha. Isso ocorre porque o armazenamento é necessário para hospedagem em um compartilhamento SMB.
  • Você não pode mapear unidades de rede a uma SAN em um ambiente do Windows 8-Windows Server 2012.

Continue Lendo »